OS POVOS INDÍGENAS EM TEMPOS DE PANDEMIA

Não temos dúvidas de que todas as atenções devem estar, como estão, voltadas no momento para a expansão da pandemia da Covid-19 e a evolução das contaminações pelo mundo e no Brasil, em especial. Entretanto, quando falamos de povos indígenas faz-se necessário constar que os problemas relacionados à saúde estão vinculados à desestruturação das políticas de atenção à saúde para…

Continue lendo

O Congresso anti-indígena e a violência contra os povos originários

“Especialmente a bancada ruralista tem atuado no sentido de garantir todas as condições para que um novo processo de esbulho das terras tradicionais seja consolidado no país. Ou seja, através do estrangulamento das terras indígenas por diversos vetores, o que se pretende, de fato, é usurpar as terras dos povos originários deste país”. A enfática e realista afirmação, feita por…

Continue lendo

A pátria em chamas: queimar a história na história recente do Brasil

Infelizmente acordamos, os que sem saber da tragédia dormiam, nesta segunda-feira (03) com a triste notícia de que as chamas consumiram anos de história, impressa em objetos e sentimentos, presentes no Museu Nacional no Rio de Janeiro. Ironia, na semana em que, em muitas cidades, é acesa a “chama da pátria”, símbolo da Semana da Pátria que culmina no dia…

Continue lendo

O Pum da vaca e a dificuldade de cumprir a meta-ano

Sagrado em algumas culturas, indispensável e atende por nome entre os camponeses; reificado pelo capital, transmutado em mercadoria de exportação, bife, costelão, picanha, bolsa e sapato. Mas não fossem seus “agenciadores”, seriam de fato um problema as vacas, os bois e seus puns? Esta questão me surgiu a ver divulgado o Documento Análise, Emissões do Setor de Agropecuária 2018, organizado pelo…

Continue lendo

A NOVA (DES)ORDEM E SUAS CONSEQUÊNCIAS PARA OS POVOS

Cremos não ser possível uma leitura do contexto em que nos encontramos sem situá-lo enquanto sequência do pós-golpe engendrado sobre o governo Dilma Rousseff – na prática, sobre todos brasileiros – e as consequências que se sucederam; ainda mais cremos ser importante situar esta nossa análise a marcada pelo olhar desde nosso lugar social e de militância junto aos povos…

Continue lendo

Governo Temer e o desmonte da política indigenista

Vivemos uma conjuntura de estagnação geral da política indigenista, inclusive de políticas de cunho mais assistencial, culminando no término do ciclo petista no governo e na ascensão, por meio de um golpe parlamentar, do governo Temer. Ocorre o aprofundamento do chamado “ajuste fiscal”, retirando direitos e garantias sociais em ritmo acelerado, com a retomada de um neoliberalismo muito mais profundo…

Continue lendo