Mineração e o metabolismo necroeconômico do capital em Brumadinho, Minas Gerais

O Rio? É doce.A Vale? Amarga.Ai, antes fosseMais leve a carga. […] Quantas toneladas exportamos De ferro? Quantas lágrimas disfarçamos Sem berro? (Lira Itabirana, Carlos Drummond de Andrade) Os versos do poema Lira Itabirana sublinham a clarividência do poeta mineiro Carlos Drummond de Andrade e asseguram a reflexão sobre o modelo mineral constituído nas últimas décadas e hegemônico no Brasil. Um modelo…

Continue lendo