O QUE O DIA 12 DE OUTUBRO TEM A NOS ENSINAR?

Feriado na sexta-feira. Dia de descansar, colocar as tarefas em dia, viajar, curtir a família. Funciona como uma válvula de escape para os indivíduos que estão todo o tempo pensando em problemas, trabalhando de forma ininterrupta, suportando o trânsito diário, ou seja, os males cotidianos do mundo contemporâneo.

O questionamento de maior importância, entretanto, é mais social que individual. A sociedade Brasileira está tensionada, pois vive à beira, ou mesmo dentro, de uma guerra civil ideológica.

O que o dia 12 tem a nos ensinar a fim de amenizar as tensões sociais?

Basta saber do que estamos falando. Não se trata de um feriado apenas por convenção. Comemora-se na sexta-feira o dia de Nossa Senhora Aparecida (padroeira do Brasil) e o dia das Crianças. E ambos eventos tem muito a nos dizer.

Primeiro falemos da santa negra, isentando-nos do cunho religioso, todos sabemos que viera ao Brasil da cor dos escravos para defendê-los dos horrores e injustiças do colonizador. Essa ideia nasce em um momento em que a sociedade brasileira era muito mais preconceituosa do que é hoje, a escravidão vivia o auge, e algo, seja divino ou não, cutucou a ferida. Hoje a imagem está exposta no santuário de Nossa Senhora Aparecida em Aparecida do Norte-SP, muitos fiéis passam por lá diariamente e têm o privilégio de ver a figura original encontrada pelos pescadores do rio Paraíba do Sul, mas são quantos que mesmo vendo sua pele marrom lembram de sua principal mensagem?

Agora falemos das crianças, se antes o olhar passa pelo passado, a fim de analisar o presente e construir um futuro, desta vez falamos apenas em olhar para frente, para os que são, ao mesmo tempo, aqueles que viverão o futuro e terminarão de construi-lo. Não são simplesmente a base da pirâmide etária, são a base da própria sociedade, e por isso tão cheios de imaginação, pois o futuro e a imaginação são dependentes um do outro.

Ironicamente, o calendário costuma colocar essa data exatamente entre os turnos das eleições gerais no Brasil. Então, que fique a esperança de um futuro digno para as crianças, e que elas possam também construí-lo baseadas sempre na mensagem de tolerância (seja ela, racial, de gênero, religiosa etc.) deixada por Aparecida.

Créditos da imagem: Thiago Leon

займ онлайн на карту без отказа займ на карту без отказов круглосуточно unshaven girls займ срочно без отказов и проверок денежный займ на карту срочно круглосуточноwebmoney займзайм под залог недвижимости омск
Marco Vinicius Trindade Ropelli

Sobre Marco Vinicius Trindade Ropelli

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *